4 dicas para quem quer ficar loira!

– Para ficar loira, não há nenhuma restrição de cor, credo, raça, sexo, tipo sanguíneo, partido, profissão ou time de futebol. A única coisa é estar com o cabelo saudável ou o mais próximo disso, ou seja, se o cabelo já tem alguma química prévia, o ideal é fechar as cutículas com uma boa Plástica dos Fios, uns 10 dias antes de fazer a tintura ou luzes. Esses dois procedimentos, por si só danificam bastante o cabelo, então quanto mais preparado ele estiver pra isso, menores serão os danos.

– Mechas ou tintura? Mil vezes luzes! Tintura apenas em duas situações: para cabelos brancos e cabelos naturalmente bem loiros porque nestes a cor da tintura pega com facilidade. Nos outros casos, prefira o processo de mecha, porque a descoloração pode ser mais ou menos intensificado para que a cor pegue nos fios. Além disso, comparado à tintura, o efeito das mechas tende a ser mais natural.

– A maneira menos agressiva pra se ficar loira é fazer aos poucos e intercalar as sessões de luzes com bastante hidratação e cauterização dos fios (Plástica dos Fios). Nada é pior do que fazer luzes sobre luzes em um cabelo que não teve um preparo pra aguentar mais descoloração. A cor pode ficar linda no dia, mas acredite, você vai se sentir um espantalho semanas depois. O maior trauma e arrependimento de muitas meninas que chegam ao meu Hair Spa é de terem feito sem os devidos cuidados e acabarem com o cabelo elástico, sem vida e com aspecto de palha! Resultado: cortaram curtinho e voltaram para a cor original. Portanto, carinho e cuidado com as madeixas sempre!

– “Nem todo mundo fica bem de cabelo loiro”, muitos dizem. Mas eu discordo. Há vários, tons de loiro, e enquanto uns podem não ficar muito legais com seu tom de pele, cor de cor dos olhos e personalidade, outros podem te deixar mais iluminada, mais alegre, mais bonita. Isso fica fácil de ver em gente famosa: às vezes é um fiasco, outras, a perfeição. Daí a gente reforça: fazer luzes é melhor do que pintar todo o cabelo de uma só vez.

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *