Low Poo, No Poo e Co-Wash

 

 

Como muitas cacheadas me perguntam, seguem minhas observações sobre No Poo, Low Poo e Co-Wash.

LOW POO E NO POO

A nomenclatura “Poo” provém de “shampoo”. “No” quer dizer “não” e “Low” quer dizer “pouco”. Traduzindo, o significado seria algo como “sem shampoo” e “pouco shampoo”. As duas técnicas pregam fugir de vários produtos como sulfatos, parabenos, petrolatos e silicones insolúveis. O que essas técnicas tem de bom para as cacheadas?

Vamos começar falando sobre os sulfatos: o cabelo cacheado tende a ser mais seco, isso por causa do formato dos fios que dificulta que a oleosidade produzida pelo couro cabeludo chegue as pontas dos cabelos. Os sulfatos usados – pela maioria da indústria de cosméticos – são fortes e ao exercer a ação de limpeza, acabam eliminando toda a oleosidade, o que pode ser agressivo para o cabelo. Sou contra radicalismo porque só a ausência de um surfactante sulfatado não determina se ele é suave ou não nem se shampoo é bom ou não. Considero muito importante observar os ativos presentes no shampoo para saber se ali tem elementos que possam contribuir para a saúde do seu fio/couro cabeludo. Vamos a mais uma polêmica, não sou contra os parabenos, há várias evidências científicas que eles não fazem mal. Mas como o assunto é extenso e merece um post só para falar sobre ele, recomendo a leitura do texto da querida Pele de Imperatriz: “Parem de Odiar os Parabenos”(clique para ler!)  Quanto aos petrolatos e silicones insolúveis, fuja mesmo! Esses componentes formam uma película em volta dos nossos fios deixando a falsa sensação de cabelos tratados, porém eles não estão fornecendo nada de bom e impedindo que seu cabelo absorva outros ativos do bem. Se você segue umas das técnicas e acha que está fazendo bem para seu cabelo, continue. Mas não fique presa a radicalismos, a uma lista de isso pode e isso não pode.

 

CO-WASH

A ideia do co-wash é lavar os cabelos sem shampoo, com condicionadores (livres de parafina, silicones insolúveis em água e petrolatos). E dá certo? Os condicionadores possuem elementos capazes de tirar a oleosidade do fio, o que dá a sensação de cabelo limpo. Porém, por não ter agentes limpantes, como os shampoos, pode ocorrer acúmulo de resíduos. Sou totalmente contra o Co-Wash para qualquer tipo de cabelo porque a limpeza do couro cabeludo é essencial para que o couro cabeludo seja saudável e os fios também. O acúmulo de resíduos no couro cabeludo pode obstruir os folículos pilosos prejudicando também o nascimento dos fios.

Nas fotos acima, (1) couro cabeludo higienizado e na foto (2) temos o mesmo couro cabeludo após 10 dias de co-wash. Durante os 10 dias o cabelo foi lavado regularmente e mesmo assim apresentou acúmulo de resíduos no couro cabeludo.

 

SOU CACHEADA E..

não sigo nenhuma das técnicas, lavo o cabelos todos os dias e meus cachos vão muito bem, obrigada! Todas as técnicas recomendam que você lave o cabelo pouquíssimas vezes, outro ponto que discordo. A higienização do couro cabeludo é muito importante para sua saúde e consequentemente para a saúde e beleza do seu cabelo porque removemos resíduos de cosméticos, poluição, excesso de oleosidade e seborreia, além de regular seu pH. Abaixo uma receitinha para limpar o couro cabeludo com produtinhos naturais super hidratantes. Assista!

 

APRENDA COMO LIMPAR O COURO CABELUDO COM BABOSA

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *