Quero Cachos!

Quero cachos!

Meninas, não adianta! Depois que seus cabelos sofreram por anos processos e mais processos de alisamento, não é da noite para o dia que ele será um cabelo lindo, saudável e cacheado.
Mas é possível?
Claro que sim!
Possível e muito benéfico.
Abrir mão da facilidade dos cabelos “lisos” não é uma tarefa muito fácil, é preciso ter muita paciência para voltar a ter de volta os caracóis. Porém, hoje, o mercado te ajuda de inúmeras maneiras, mas a primeira ajuda vem de você.
Parar agora de alisar. Largar a chapinha e o secador e partir para os leave-ins é o primeiro passo. O nosso cabelo possui memória, por isso, quanto mais você afastar-se desses recursos, mais rápido ele vai se adequando ao seu formato natural.
A terapia capilar colabora de maneira expressiva nessa retomada, isso porque durante todo o tratamento seu couro cabeludo recebe estímulos que potencializam o resultado do processo.
Pautada em técnicas nada evasivas, a terapia capilar é uma espécie de “academia do fio”. As técnicas utilizadas provocam estímulos neuronais e na circulação que são capazes de fazer com que seu fio desenvolva muito mais rápido, sem agredir ou desrespeitar seu ciclo natural, sobretudo tornando-o mais forte, encorpado e saudável.
Quando você opta por abandonar a química e abraçar sua essência é muito mais do que o resgaste da sua verdade, mas um convite real a ter cabelos saudáveis.
Acredito, no entanto, que todo processo, para ser benéfico, não pode ser pautado a severas imposições sociais, mas à sua necessidade e desejo íntimo de mudar. Do contrário pode trazer abalo emocional que vai impactar de forma bastante negativa para a saúde dos cabelos.
Passado pelo seu crio de decisão, mãos para o alto, balance os cachos! Comece devagar e não pare nunca mais, anote as dicas, segue a receita, se arruma se ajeita, que os cachos vêm!

No meu canal do youtube, você encontra inúmeras receitas e dicas que podem te ajudar na transição capilar. Abaixo conto como cuido dos meus cachos pela manhã. Assista!

Deixar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *